quinta-feira, 20 de agosto de 2009

A boleira que existe em mim acordou


Cupcakes
Upload feito originalmente por Francine Lacerda Criações Têxteis



Desde criança sempre adorei programas de culinária, era fã da Ofélia e cia. Um contraponto a criação que tive, mãe executiva workaholic que nunca foi muito chegada em cozinha e culinária. hehehe

Sempre fui muito curiosa, mas não punha nada em prática. Tudo mudou quando fui morar sozinha, com 20 anos. Empolgada com a casa nova, com a liberdade de escolher o que comer, quando comer, e a cozinha só pra mim, comecei a experimentar receitas, ingredientes e fui aprendendo com os erros e acertos. Criei até algumas receitas, molhos, risotos e por aí.

Mas queria muito aprender a fazer bolos e pães, acho uma arte, e sempre achei que algumas pessoas tem a mão para massas e outras não. Entusiasmada com livros de receitas, peguei a batedeira da minha mãe, que estava encostada há anos, e comecei a tentar fazer bolos. Fiz alguns e nada dava certo. Depois de algumas tentativas desisti e reforcei a idéia de "mão para massas" que certamente eu não tinha.

Agora anos depois, bateu uma vontade muito forte de fazer bolos. Deve ser influência das minhas leituras, blogs de culinária e manualidades, como o divino The Cookie Shop e Casa da Chris (o livro e o site). Semana passada me enchi de coragem, comprei os ingredientes e munida de receita de cupcake e uma batedeira portátil (que deve ter a minha idade, hehehehe), fui empolgada fazer meu primeiro bolo em anos.

Foi uma diversão, tirando a dor no braço devido a batedeira, que na verdade é como eu tivesse batendo a massa na mão. :P
Sem assadeira de muffins e com forminhas de papel muito baixa (olha o improviso), dividi a massa em 24 forminhas de papel. As 12 primeiras foram para o forno e eu fiquei curiosa e ansiosa para ver o resultado. Tudo contra, várias questões na cabeça. Será que a batedeira meia-boca deu conta do recado? Será que a massa vai cair toda pra fora? E o bolinho vai crescer?

Depois de alguns minutos eles começaram a crescer, depois deu uma douradinha, e estava na hora de tirar do forno. Que emocão! Assei os restantes e fiz uma cobertura de chocolate. Eles não ficaram lá muito lindos. hehehehe
Mas com todo o improviso, até que ficaram bonitinhos, e o mais importante, ficaram uma delícia.

Adorei a experiência, e essa semana fiz outro bolo, agora de limão em tamanho grande. Receita também tirada do The Cookie Shop. Novamente o bolo não ficou lá muito lindo como o da Paula, que tem mãos de fada. Mas ficou uma delícia, fofinho, molhadinho e a cobertura tem gosto de tortinha de limão. Adorei! Teve até gente sonhando com o bolo, né Dona Z?! hehehe

Ontem chegou minha encomenda da Barra Doce. Uma alegria! Assadeira para 12 muffins, forma redonda para bolo, forminhas de papel (agora do tamanho certo), corantes culinário. Estou louca para usar tudo. Agora só falta uma batedeira decente.

Quem sabe com a prática meus bolinhos ficam lindos também, pois gostosos eles já estão. ;)


4 comentários:

Cris Paz disse...

Covardia!!!! Que fome!!!! bj

Francine Lacerda disse...

Nem fale, também tô morrendo de fome. Vou lá fazer umas brusquetas já, já.

Beijo

thecookieshop disse...

Francine, os bolinhos ficaram lindinhos, e o bolo de limão me deu até vontade de fazer de novo!
Parabéns pelos sucessos na cozinha e adorei ver o bolo da minha avó por aqui!
bj
Paula

Francine Lacerda disse...

Obrigada pela visita Paula!
Adorei o bolo de limão, com certeza farei novamente. ;)